segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Sobre a tal Federação da Luz

Uma australiana chamada Blosson Goodchild afirma veementemente que desde algum tempo anda se comunicando com entidades extraterrenas que se autodenominam Federação da Luz.

Segundo a moça, dia 14 de outubro de 2008 essa tal Federação da Luz tornará visível no céu do Hemisfério Sul do nosso querido planeta azul praticamente inofensivo uma ou algumas de suas naves gigantescas, e assim permanecerão, descaradamente visíveis a qualquer criatura que se digne a levantar a cabeça e olhar para cima, por três dias e três noites.

A mensagem desses extraterrestres luminosos, segundo a tal Blossom, é de amor, paz, iluminação e aquilo tudo que gente de sucesso escreve em livros de auto-ajuda para ganhar mais dinheiro às custas daqueles pobres coitados que têm uma auto-estima tão grande quanto um grãozinho de poeira jogado no vento.

Só.

O mais legal é que eu deveria agora estar fazendo o fichamento de um livro sobre o Estado Novo e, ao invés disso, aqui estou, gastando latim pra escrever sobre alienígenas.

Um fichamento de um livro de cento e sessenta páginas, para terça-feira.

E adivinha quanto vale esse trabalho?

Um absurdo de 15% da nota.

Estou me matando aqui por míseros um ponto e meio.

Um ponto e meio estes que, se bobear, não valerão mais nada ao final desta semana, uma vez que a tal Federação da Luz está para sobrevoar nosso lindo planeta justamente nesta terça-feira e alterar completamente a noção de prioridade de qualquer um.

Ô, beleza.

Hum.

Dia 14 de outubro cai numa terça-feira.

O dia em que os tais da Federação da Luz irão mostrar-se visíveis é uma terça-feira.

É, justamente, essa terça-feira.

Segundo o mais importante livro até hoje nunca escrito - obviamente o Guia do Mochileiro das Galáxias - foi justamente numa terça-feira que os Vogons - os seres mais burocráticos do Universo e os últimos que você chamaria para tomar uma xícara de chá - vieram destruir a Terra para a construção de uma via inter-espacial no lugar.

É...
É melhor eu ir separar a minha toalha.
E três canecas de chope.
E um pacote de amendoins.

...

Se as naves da tal Federação da Luz forem amarelas e você não possuir um sinalizador eletrônico subeta, pode começar a se desesperar.


(Se alguém se interessar, o blog da tal Blossom: http://www.blossomgoodchild.com/index.html?page=BGoct14.html )

8 comentários:

Mari L.ee Jones disse...

*pegando a toalha e buscando no mercado livre algum sinalizador eletrônico subeta*
até lá então!

thiagoelmauer disse...

Por enquanto parece ser mais uma piadinha da " Blosson " !!
hauihaiuhauihiuahauihauiahauiahui !! =DD

idéia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thiagoelmauer disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pensador made in vaso disse...

rsrsrs
seus textos sempre me alegram!
abraços

Caranguejo Excêntrico disse...

Ôôôrra, genteee!
Não exclui comentário, não!
Tia Karol fica curiosa U.U"

XDD

l u a . disse...

há.!
ótima oportunidade de não ir à (cretina) aula de terça, e travar uma discussão historiografica de cunho alienógena - etílica nas mesinhas da lanchonete.

DIGNÍSSIMO.!

Tati disse...

É... Não foi desta vez.

E juro que até eu estava preparada para estes contatos imediatos de terceiro grau.

É...

E tudo volta à mesma mesmice de sempre.

Ou não, porque no meu dia-a-dia normalmente não tem três quenianos conversando numa língua misteriosa na minha sala.
Talvez porque esta não seja a minha sala. Nem a minha casa.

Ah, céus, o que estou falando?





Beijo, fiah!

P.S.: Palavra de verificação: berezust
Sim, o blogspot é muito criativo... XDDD